10 Dicas De Portugu S Da Prof

Receitas de falar sobre gênero 5 magias mais poderosas no mundo de calcinha

Indo além disso no mesmo caminho, Abailard também negou uma doutrina de uma queda do homem. Adão e Eva, segundo ele, deram aos descendentes não a capacidade de ações pecadoras, mas só a capacidade de arrepender-se deles.

A doutrina de Abailard, o seu conceptualism moderado que nega qualquer existência ontologic do conhecimento abstrato geral e subjektiviruyushchy é muito vulnerável de uma posição do materialismo dialético. Mas no momento da aproximação histórica de uma espécie abelyarovsky desta doutrina vemos que resistiu ao realismo escolástico e aumentou a confiança da pessoa nas forças informativas.

Abailard teve de correr do mosteiro infortunado. Começou novamente a pensar no regresso à atividade docente em Paris. Neste tempo também escreveu a autobiografia que se destina obviamente para muitos simpatizantes seus e alunos. "A história dos meus desastres" penetra-se não pelo espírito monástico.

Os últimos, na crença de Abailard, só existem na mente humana. Este conhecimento muito imperfeito, parcial, mais ou menos indistinto de uma coisa. Qualquer coisa em toda a sua individualidade concreta determinada pela sua forma nunca pode estar disponível para a mente humana porque tal limite, o conhecimento perfeito só se conclui em ideias eternas do criador de deus.

A sequência de Abailard na realização desta ideia cardeal da sua doutrina moral levou-o até à afirmação que os pagãos que perseguem Cristo não fizeram nenhum pecado porque não atuaram assim ao contrário da crença e consciência. Do mesmo ponto de vista os pagãos que viviam antes da emergência da cristandade e não sabiam o Evangelho no entanto têm de resgatar-se (está destinado, - no dia tribunal terrível.

Uma das ideias principais de outro trabalho seu no mesmo sujeito, "O diálogo entre o filósofo, judeu e cristão", se faz pela ideia da tolerância. A cristandade não tem direito de solicitar ser o representante único e exclusivo da verdade.

A dúvida de abelyarovsky na missão expiatória de Cristo teve a importância especial, o papel compôs-se, segundo Abailard, não que os sofrimentos retirou da humanidade um pecado do seu primogenitors, Adão e Eva. Cristo foi o maior exemplo e o professor de morais às quais toda a humanidade é obrigada a imitar.